Clipping de Relações Internacionais

Paraguai: sem-terra e fazendeiros armados

Posted in Américas, Política & Política Externa, Regiões by Rodrigo Felismino on 08/02/2012

O Globo – 07/02/2012

Em nota, Lugo afirma que vai exigir documentos de agricultores e que “justiça com as próprias mãos” não será tolerada

ÑACUNDAY, PARAGUAI. Diante do acirramento da crise no campo, com grupos de semterra ameaçando invadir áreas exploradas por brasileiros no Paraguai, o governo daquele país informou ontem, em nota oficial, que evitará a “justiça com as próprias mãos”, mas reacendeu a polêmica ao admitir que agricultores estrangeiros foram favorecidos pelo poder político e econômico, “violando a lei do Estado” nos últimos anos. (more…)

Comentários desativados em Paraguai: sem-terra e fazendeiros armados

Venezuela to pay Exxon $255m in oil dispute

Posted in Américas, Direito Internacional, Regiões by Rodrigo Felismino on 03/01/2012

BBC – 02/01/2012.

Venezuela has said it will pay Exxon Mobil $255m (£164m) in compensation for assets nationalised in 2007 – less than a third of what an arbitration panel awarded the oil giant.

The International Chamber of Commerce (ICC) in Paris had ruled that PDVSA, Venezuela’s state oil company, was required to compensate the US firm. (more…)

Comentários desativados em Venezuela to pay Exxon $255m in oil dispute

Para empresas brasileiras, um contrato de risco

Posted in Economia, Comércio & Finanças, Oriente Médio, Regiões by Rodrigo Felismino on 22/05/2010

O Globo – 14/05/2010

Entraves ao aumento do comércio com o Irã vão das ameaças de sanções a falta de garantias e impostos altos

BRASÍLIA. Os obstáculos ao fortalecimento das relações entre Brasil e Irã vão além das pressões que as autoridades americanas têm exercido sobre companhias estrangeiras que têm negócios nos Estados Unidos, incluindo as brasileiras, como a Petrobras. A avaliação do governo e do setor privado brasileiros é que a ampliação do comércio bilateral, que no ano passado somou pouco mais de US$1,2 bilhão, esbarra em entraves que vão desde riscos de guerra e sanções econômicas a serem aplicadas pelas potências ocidentais ao país persa, até a forte concorrência da China na região, a falta de garantias de pagamento e as elevadas alíquotas de importação impostas por Teerã, entre 20% e 30%. (more…)

Comentários desativados em Para empresas brasileiras, um contrato de risco