Clipping de Relações Internacionais

Mulheres avançam no poder na América Latina, rumo à ‘maturidade política’

Posted in Américas, Sistemas Políticos by Emilia C. de Paula on 15/12/2013

BBC – 15/12/13.

O Chile elege uma nova presidente neste domingo – seja a socialista Michelle Bachelet ou Evelyn Matthei, de centro-direita -, que vai se somar a outras três governantes mulheres na América Latina: Dilma Rousseff, a argentina Cristina Kirchner e a costarriquenha Laura Chinchilla.

Será um feito inédito: quatro mulheres governando simultaneamente. Mas cabe a pergunta: será que a presença feminina representa maturidade política ou é uma brecha momentânea na tradicional hegemonia masculina – uma concessão tácita a uma mulher quando é conveniente?

(more…)

Comentários desativados em Mulheres avançam no poder na América Latina, rumo à ‘maturidade política’

Darán a Hillary Clinton premio por defensa de DH

Posted in Américas, Política & Política Externa by Emilia C. de Paula on 05/12/2013

EFE – 05/12/13.

La reconocerán con el premio Lantos de Derechos Humanos por su defensa de la libertad en internet y por los derechos de la mujer.

  (more…)

Comentários desativados em Darán a Hillary Clinton premio por defensa de DH

EU amplía protección a mujeres indocumentadas

Posted in Américas, Política & Política Externa by Emilia C. de Paula on 07/03/2013

EUA – EFE – 07/03/13.

El presidente de Estados Unidos, Barack Obama, promulgó hoy la renovación de una ley federal de 1994 que protege a mujeres víctimas de violencia doméstica y abuso o tráfico sexual, tras considerar que “todas las mujeres merecen vivir libres de miedo”.

  (more…)

Tagged with: , ,

Comentários desativados em EU amplía protección a mujeres indocumentadas

Crise global afeta mais meninas e mulheres, diz relatório

Posted in Social & Questões Culturais by Emilia C. de Paula on 21/01/2013

BBC – 21/01/13.

A crise econômica global afetou mais fortemente mulheres e meninas, segundo um relatório divulgado por organizações de direitos da crianças e de desenvolvimento.

Segundo o levantamento feito pelas organizações Plan International e Overseas Development Institute, o encolhimento econômico elevou a mortalidade infantil de meninas e levou mais mulheres a sofrer abusos ou a passar fome.

Segundo as ONGs, esse efeito poderia eliminar os ganhos conseguidos nos últimos anos para alcançar as Metas de Desenvolvimento do Milênio, estabelecidas pela ONU para erradicar a pobreza extrema e melhorar índices sociais até 2015.

“As melhorias ocorridas nos últimos cinco anos foram muito frágeis”, disse à BBC o presidente-executivo da ONG de direitos das crianças Plan International, Nigel Chapman, um dos autores do estudo.

“É chocante, porque eu não acho que as pessoas estejam realmente notando isso”, afirma Chapman, que antes de assumir o cargo na ONG chefiou o Serviço Mundial da BBC por quatro anos.

Segundo Chapman, os problemas começam quando as meninas são ainda muito jovens. “As meninas são o grupo mais marginalizado do mundo”, disse ele.

A proporção de meninas que morreram desde o início da crise global aumentou cinco vezes mais rapidamente que a proporção de mortes de meninos, afirma.

Chapman cita uma pesquisa do Banco Mundial em 59 países que indica que uma queda de 1% na atividade econômica eleva a mortalidade infantil em 7,4 mortes por 1.000 meninas e 1,5 morte por 1.000 meninos.

“É o exemplo mais completo da pobreza exacerbada”, afirma Chapman.

Falta de dados

Os autores do relatório, que compila dados de várias fontes, como estudos acadêmicos ou documentos do Banco Mundial, afirmam que há uma falta de dados coletados especificamente para medir o impacto da recessão condicionado por gênero.

“Entretanto, do que está disponível parece claro que as meninas e as mulheres jovens estão sob risco específico durante períodos de incerteza econômica e estresse”, afirma o relatório.

Com o aumento da pobreza em consequência da recessão, cada vez mais famílias sem recursos vêm optando por tirar da escola meninas mais velhas, segundo o documento.

A conclusão do ensino primário caiu 29% entre as meninas, enquanto o índice de para os meninos caiu 22%.

Segundo o relatório, muitas meninas foram tiradas da escola para ajudar em casa, porque suas mães tinham que trabalhar mais horas para compensar salários mais baixos.

“As meninas são sugadas pelas tarefas domésticas”, diz Chapman. “E uma vez que elas parem de ir à escola, é muito difícil que elas voltem ao ritmo normal”, afirma.

Casamentos de crianças

Em muitos casos, um aumento no número de casamentos de crianças foi observado quando a atividade econômica baixou. “Famílias atingidas pela pobreza simplesmente não conseguiam alimentar todas essas bocas, então elas tentam casá-las mais cedo”, diz Chapman.

Outras meninas eram enviadas para trabalhar – em alguns casos, como prostitutas.

Em casa, as meninas e as mulheres muitas vezes comem menos para garantir que o chefe da família, responsável pelo “ganha-pão”, tenha alimentação suficiente.

“Elas ficam mais fracas e menos saudáveis e entram numa espiral negativa”, diz Chapman.

Enquanto isso, meninas e mulheres sofrem mais negligência e abusos do que sofriam antes da crise.

O relatório diz ainda que quando grávidas, elas recebem menos ajuda do que antes, deixando adolescentes entre 14 e 19 anos particularmente sob risco durante a gravidez.

Direitos sob ameaça

Segundo o documento, meninas e mulheres também têm menos acesso a serviços básicos e redes de segurança social.

“Os direitos humanos fundamentais das meninas estão crescentemente sob ameaça”, diz Nicola Jones, pesquisadora do Overseas Development Institute.

Muitos dos problemas se devem a “desigualdades de gênero estabelecidas”, segundo Chapman.

Segundo ele, programas internacionais precisam ser estabelecidos para garantir que as mulheres jovens recebam alimentação adequada, sejam protegidas socialmente e frequentem a escola, e também para criar empregos para elas após o término dos estudos.

“Precisamos eliminar as diferenças entre meninas e mulheres de um lado e meninos e homens do outro”, afirma Chapman.

Disponível em:

 http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/01/130121_relatorio_ongs_crise_meninas_mulheres_rw.shtml

Tagged with: , , ,

Comentários desativados em Crise global afeta mais meninas e mulheres, diz relatório

Chinos incursionan en labores de mujeres

Posted in Ásia & Oceania, Social & Questões Culturais by Emilia C. de Paula on 03/01/2013

03/01/12.

El cuidado de mujeres que acaban de dar a luz y el de cuidar a niños, así como labores de enfermería, son profesiones que en China parecen abrirse a los hombres, informó hoy el China Daily.

  (more…)

Tagged with: , ,

Comentários desativados em Chinos incursionan en labores de mujeres

Proibição em universidades acirra debate sobre direitos das mulheres no Irã

Posted in Oriente Médio, Social & Questões Culturais by Emilia C. de Paula on 23/09/2012

Irã – BBC – 22/09/12.

Mais de 30 universidades adotaram novas regras excluindo mulheres de quase 80 diferentes cursos

A decisão de restringir a participação feminina em diversos cursos em universidades do Irã, no momento em que se inicia o novo ano acadêmico, vem provocando uma ampla discussão sobre os direitos das mulheres à educação no país – e o impacto de longo prazo que essas restrições podem ter.

Mais de 30 universidades adotaram novas regras excluindo as mulheres de quase 80 diferentes cursos acadêmicos.

(more…)

Comentários desativados em Proibição em universidades acirra debate sobre direitos das mulheres no Irã

UE defende quota feminina para chefia empresarial

Posted in Europa, Organizações Internacionais & Regionais by Emilia C. de Paula on 04/09/2012

Europa – DW – 04/09/12.

Comissão Europeia planeja diretriz para forçar empresas de maior porte a elevar o número de mulheres em posições de liderança. Meta é, até 2020, ocupar 40% dos cargos intermediários de chefia com funcionárias.

Há algum tempo a comissária da União Europeia para Justiça, Direitos Fundamentais e Cidadania, Viviane Reding, vem fazendo trabalho de lobby em prol de mais mulheres em posições de liderança nas empresas do bloco. Contudo, sua paciência vai se esgotando em relação a diversos países, especialmente à Alemanha, por sua resistência à equiparação trabalhista entre os sexos.

(more…)

Comentários desativados em UE defende quota feminina para chefia empresarial

Las mujeres más poderosas

Posted in Opinião Pública/Mídia by Emilia C. de Paula on 23/08/2012

NUEVA YORK  – Agencias – 23/08/12.

ANGELA MERKEL. (58 años) Canciller alemana. (Foto: BLAIR GABLE REUTERS )

La canciller alemana, Angela Merkel, fue considerada como la mujer más poderosa del mundo por segundo año consecutivo, según una lista anual publicada por la revista Forbes y en la que también predominan empresarias, figuras de la política y de los medios.

(more…)

Comentários desativados em Las mujeres más poderosas

Londres 2012: Arábia Saudita permite que atletas mulheres participem dos Jogos

Posted in Europa, Social & Questões Culturais by Emilia C. de Paula on 25/06/2012

Londres – BBC – 25/06/12.

A Arábia Saudita decidiu permitir, pela primeira vez, que atletas mulheres participem dos Jogos Olímpicos.

Um comunicado da Embaixada Saudita em Londres diz que o comitê Olímpico do país irá “supervisionar a participação de mulheres atletas que se qualificarem”.

(more…)

Comentários desativados em Londres 2012: Arábia Saudita permite que atletas mulheres participem dos Jogos

Más de 120 afganas envenenadas para evitar que reciban educación

Posted in Oriente Médio, Social & Questões Culturais by Emilia C. de Paula on 23/05/2012

Afeganistão – Reuters – 23/05/12.

Niñas y niños en una clase en Afganistán. | Roberto Benito Leborans

Más de 120 alumnas y tres profesores han sido envenenados en el segundo ataque en dos meses atribuido a los radicales conservadores en el norte del país, según han declarado la policía afgana y funcionarios de educación.

El ataque se produjo en la provincia de Takhar, donde según la policía, los radicales se oponen a la educación de las mujeres y las niñas. Utilizaron un polvo tóxico no identificado para contaminar el aire en las aulas, lo que ocasionó que decenas de estudiantes quedaran inconscientes.

(more…)

Comentários desativados em Más de 120 afganas envenenadas para evitar que reciban educación

Candidaturas anônimas a emprego aumentam chances para mulheres e migrantes

Posted in Europa, Social & Questões Culturais by Emilia C. de Paula on 17/04/2012

Alemanha – DW – 17/04/12.

Sem a indicação de nome, sexo, foto ou nacionalidade, aumenta a possibilidade de mulheres e imigrantes conseguirem emprego, constata projeto realizado na Alemanha.

(more…)

Comentários desativados em Candidaturas anônimas a emprego aumentam chances para mulheres e migrantes

Guatemaltecas denuncian cada vez más violencia

Posted in Américas, Direitos Humanos by Emilia C. de Paula on 06/03/2012

Guatemala – Notimex – 06/03/12

La situación de violencia continúa siendo una constante para la mujer en Guatemala, donde el año pasado se registraron más de 700 feminicidios, informaron hoy fuentes judiciales.

(more…)

Tagged with: , ,

Comentários desativados em Guatemaltecas denuncian cada vez más violencia

Las mujeres de Malaui se manifiestan por incluir el pantalón en su vestimenta

Posted in África, Social & Questões Culturais by Emilia C. de Paula on 21/01/2012

Malaui – AFP – 21/01/12.

Varias de las integrantes de la protesta femenina en Blantyre (Malaui). | Afp

Durante la dictadura de Kamuzu Banda, las mujeres de Malaui, uno de los países más conservadores del sur de África, no tenían derecho a usar pantalones. No fue hasta el año 1994 cuando se levantó esta prohibición.

  (more…)

Comentários desativados em Las mujeres de Malaui se manifiestan por incluir el pantalón en su vestimenta

Mujeres árabes, libres pero no iguales

Posted in Opinião Pública/Mídia, Oriente Médio by Emilia C. de Paula on 08/10/2011

Oriente – Madrid – 08/10/11.

Dos mujeres yemeníes protestan contra el presidente Saleh. / REUTERS

Umm Ahmad, una abuela septuagenaria, avanza renqueante tras los manifestantes en Shahba, a unos 90kilómetros al sur de Damasco, apoyada en un bastón que esgrime amenazante cuando los shabiha (milicias paramilitares) se disponen a atacar al cortejo.“¡Estos son mis hijos, hijos de perra!”, les lanza. Algunos jóvenes se le acercan y le besan la cabeza.

(more…)

Comentários desativados em Mujeres árabes, libres pero no iguales

La Policía peruana rescata a 293 mujeres sometidas a explotación sexual

Posted in Américas, Direitos Humanos by Emilia C. de Paula on 02/10/2011

Perú – EFE – 02/10/11.

La Policía Nacional rescató a 293 mujeres que eran sometidas a explotación sexual en un operativo realizado este fin de semana en la ciudad selvática de Puerto Maldonado y varias localidades cercanas, informaron este domingo fuentes oficiales.

  (more…)

Comentários desativados em La Policía peruana rescata a 293 mujeres sometidas a explotación sexual

Las mujeres saudíes ya tienen un derecho, Palestina debe esperar

Posted in Oriente Médio, Sistemas Políticos by Emilia C. de Paula on 26/09/2011

Arábia Saudita – El País – 26/09/11.

Las mujeres saudíes, uno de los (supuestos) principales aliados de Occidente en Oriente Próximo, podrán votar y presentarse en las elecciones municipales de 2015, las únicas que se celebran. La decisión del rey Abdalá es un primer paso para que dejen de ser ciudadanas de segunda. Faltan aún algunos detalles, como la libertad de movimiento, es decir, salir a la calle sin permiso del marido y conducir un automóvil.

(more…)

Tagged with: , ,

Comentários desativados em Las mujeres saudíes ya tienen un derecho, Palestina debe esperar

Mujeres se manifiestan en apoyo al Estado palestino

Posted in Opinião Pública/Mídia, Oriente Médio by Emilia C. de Paula on 17/09/2011

Cisjordândia – EFE – 17/09/11.

Alrededor de trescientas mujeres israelíes y palestinas se manifestaron hoy en el puesto de control militar israelí de Qalandia para mostrar su apoyo a la aceptación en la ONU de Palestina como Estado miembro.

(more…)

Tagged with: , , ,

Comentários desativados em Mujeres se manifiestan en apoyo al Estado palestino

Onda de estupros coletivos causa preocupação e polêmica religiosa no Irã

Posted in Direitos Humanos, Oriente Médio, Regiões, Sistemas Políticos by Rodrigo Felismino on 16/06/2011

Londres – BBC – 16/06/2011

Relatos recentes de estupros coletivos praticados por gangues no Irã estão causando preocupação entre as mulheres e levantando questionamentos sobre valores sociais no país, informa Mohammad Manzarpour, do serviço persa da BBC.

Em uma aldeia religiosa e conservadora perto da cidade de Isfahan, mulheres que participavam de uma festa privada foram sequestradas no ano passado e foram vítimas de estupros coletivos perpetrados por criminosos que as ameaçaram com faca

Uma semana depois, uma estudante universitária foi atacada e violentada por desconhecidos em um campus fortemente protegido na cidade sagrada de Mashhad. (more…)

Tagged with: , ,

Comentários desativados em Onda de estupros coletivos causa preocupação e polêmica religiosa no Irã

Las mujeres violadas en Libia, bajo el peligro de los crímenes de honor

Posted in África, Direitos Humanos by Emilia C. de Paula on 14/06/2011

Líbia – El Mundo – 14/06/11.

Trabajadores humanitarios en Libia han denunciado que las mujeres que han quedado embarazadas después de ser violadas durante el conflicto que vive el país, se enfrentan a un riesgo cada vez mayor de ser víctimas de crímenes de honor, de ser asesinadas por sus propias familias.

(more…)

Tagged with: , , ,

Comentários desativados em Las mujeres violadas en Libia, bajo el peligro de los crímenes de honor

Uganda dará spray de pimenta a mulheres para combater estupros

Posted in África, Social & Questões Culturais by Emilia C. de Paula on 13/06/2011

KAMPALA – Reuters – 13/06/11.

O governo de Uganda vai dar sprays de pimenta a mulheres jovens para ajudá-las a afastar estupradores, disse o novo ministro da Infância e Juventude, Ronald Kibule, que prometeu combater os altos índices de crimes sexuais.

(more…)

Comentários desativados em Uganda dará spray de pimenta a mulheres para combater estupros