Clipping de Relações Internacionais

Hosni atribui derrota na Unesco a ‘grupo de judeus’

Posted in África, Ásia & Oceania, Social & Questões Culturais by Helen Schossler on 24/09/2009

Egito – Estadão – 23/09/2009

O ministro da Cultura do Egito, Farouk Hosni, culpou uma conspiração “criada em Nova York” pelos judeus para evitar que ele se tornasse o secretário-geral da Unesco, a agência da Organização das Nações Unidas (ONU) que cuida da cultura, ciência e educação. Ele foi derrotado ontem pela diplomata búlgara Irina Bokova numa apertada disputa pelo cargo. Ela ganhou apoio à medida que os delegados buscavam uma figura de consenso. (more…)

Comentários desativados em Hosni atribui derrota na Unesco a ‘grupo de judeus’

Polêmico candidato egípcio perde eleição na Unesco

Posted in Regiões, Social & Questões Culturais by Helen Schossler on 23/09/2009

França – Reuters – 22/09/2009

O ministro egípcio da Cultura, Farouk Hosni, que disse no ano passado que gostaria de queimar livros israelenses, foi derrotado nesta terça-feira na eleição para a direção da Unesco, órgão da Organização das Nações Unidas (ONU) para educação e cultura. (more…)

Comentários desativados em Polêmico candidato egípcio perde eleição na Unesco

Polêmica sobre candidato egípcio marca eleição da Unesco

Posted in África, Política & Política Externa, Social & Questões Culturais by Helen Schossler on 18/09/2009

França – Reuters – 17/09/2009

A primeira rodada de votações para a diretoria geral da Unesco, braço cultural da ONU, começou nesta quinta-feira, 17, com acusações de antissemitismo e de censura ao ministro egípcio da Cultura, Farouk Hosni. O candidato provocou polêmica por suas declarações passadas de que queimaria livros israelenses. (more…)

Comentários desativados em Polêmica sobre candidato egípcio marca eleição da Unesco

Nova derrota diplomática

Posted in Américas, Política & Política Externa, Regiões by Rodrigo Felismino on 27/05/2009

O Estado de S. Paulo – 27/05/2009

O governo sofreu mais uma derrota diplomática com o fracasso da candidatura da ministra Ellen Gracie, do Supremo Tribunal Federal (STF), a um posto no Órgão de Apelação da Organização Mundial do Comércio (OMC). O grande obstáculo à nomeação da ministra foi seu desconhecimento das leis do comércio internacional. O vencedor da disputa, o mexicano Ricardo Ramírez, é um reconhecido especialista no assunto. Tem experiência em julgamentos de questões comerciais e escreveu numerosos artigos sobre o tema. A vaga em disputa havia sido ocupada durante oito anos por um brasileiro, o professor Luiz Olavo Baptista, titular de Direito Internacional da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. O despreparo da ministra não era segredo, mas o presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu apoiar sua pretensão. A campanha a favor da candidatura ficou a cargo do Itamaraty. (more…)

Comentários desativados em Nova derrota diplomática