Clipping de Relações Internacionais

Para ‘Economist’, Brasil deveria denunciar ‘autoritarismo’ da Venezuela

Posted in Américas, Política & Política Externa, Regiões by Rodrigo Felismino on 25/04/2009

Reino Unido – BBC – 25/04/2009

A revista britânica The Economist, em um editorial publicado na edição desta semana, cobra uma nova postura do governo brasileiro em relação a Cuba e Venezuela, de denúncia dos que “usam o antiamericanismo como um pretexto para o autoritarismo”. (more…)

Tagged with: , ,

Comentários desativados em Para ‘Economist’, Brasil deveria denunciar ‘autoritarismo’ da Venezuela

A mão pesada de Chávez

Posted in Américas, Regiões, Sistemas Políticos by Rodrigo Felismino on 25/04/2009

O Estado de S. Paulo – 22/04/2009

A terceira fase da revolução bolivariana, deslanchada pelo caudilho Hugo Chávez logo após a realização do referendo de fevereiro, é a continuação lógica das fases anteriores. Na primeira fase, o coronel Chávez obteve o controle total das instituições venezuelanas. Conta hoje com uma Assembleia Nacional prestativa e submissa e com um Judiciário que só faz a sua vontade. Ampliou também as formas de controle social, de um lado, criando milícias à semelhança dos Comitês de Defesa da Revolução cubanos, que reprimem com violência qualquer manifestação oposicionista que surja nos quarteirões sob sua responsabilidade, e, de outro lado, sufocando os meios de comunicação independentes. Hoje, na Venezuela, quase todas as rádios e televisões estão sob o controle direto ou indireto do governo, resistindo às pressões apenas alguns jornais. (more…)

Oposição pede que Forças Armadas não se deixem usar por Chávez

Posted in Américas, Regiões, Sistemas Políticos by Mariah Portinho on 01/04/2009

Caracas, 30 mar (EFE).

A oposição venezuelana intensificou hoje seus apelos às Forças Armadas para que “não se deixem utilizar” pelo presidente do país, Hugo Chávez, enquanto o Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) afirmou que esse pedido é um “crime”. (more…)

Comentários desativados em Oposição pede que Forças Armadas não se deixem usar por Chávez