Clipping de Relações Internacionais

Amazon testa o envio de encomendas com drones

Posted in Ciência & Tecnologia by Emilia C. de Paula on 02/12/2013

EUA – EL País – 02/12/13.

1385969482_968727_42811000_fotograma_8Jeff Bezos é um gênio, e isso lhe dá um toque de loucura. Conseguiu transformar um portal que se dedicava a vender livros em um hipermercado em que se pode encontrar de tudo, até comida. E com sua ideia de loja on-line revolucionou também a logística para a distribuição dos produtos comprados por seus clientes. A maior parte dos envios da Amazon são feitos por terra, com caminhões e caminhonetes. Mas isso pode mudar em cinco até anos, caso siga adiante sua última grande ambição: realizar pequenas entregas em domicílio com drones (aparelhos aéreos não tripulados).

 

Bezos, diretor-executivo e fundador da Amazon, apresentou os dispositivos no programa 60 Minutes da rede de TV norte-americana CBS. Seu laboratório trabalha com aparelhos não tripulados de oito hélices que poderiam levar o produto dos centros de distribuição até a porta de casa em meia hora. Têm autonomia para percorrer um raio de 16 quilômetros e podem transportar cerca de 2,5 quilos. Mas para que esse novo projeto de Bezos se torne realidade deve contar antes com o sinal verde do órgão regulador da segurança no espaço aéreo. Deve também melhorar a tecnologia para que o sistema Amazon PrimerAir seja efetivo e eficiente.

Bezos acha que esses robôs voadores poderiam começar a ganhar os céus dos Estados Unidos em quatro ou cinco anos. Serão completamente autônomos, e guiados por GPS. Mas admite que o maior obstáculo para o lançamento desses drones é o legal. Há de se garantir “que não vão aterrissar na cabeça de alguém”, como explicou na TV. “Parece ficção científica, mas não é”, insiste. É também uma mostra do esforço para se levar o quanto antes as entregas em domicílio. Há algumas semanas ele anunciou um acordo com o serviço postal para realizar entregas aos domingos.

Embora pareça ficção científica, os drones já são utilizados para tarefas das mais rotineiras, que passam da vigilância nas praias a até mesmo servir de base para fofoca entre vizinhos, mas, como aponta Bezos, o problema não é tecnológico, senão legal e de segurança, já que as cidades poderiam ficar cheias de varejeiras descarregando livros (ficam fora da iniciativa máquinas de lavar e outros objetos mais pesados e volumosos).

Outra coisa é o envio a locais remotos. Em qualquer caso, a Amazon precisa encontrar uma solução ao principal problema do comércio eletrônico: a última milha. A entrega de qualquer objeto comprado pela Internet e que encarece o preço final. Nessas décadas de Internet a tecnologia melhorou muito, dos sites aos processos de compra, mas o transporte de mercadorias seguiu inalterado. Bezos se dá um prazo de cinco anos para que os distribuidores de entregas baixem das nuvens, mas, em todo caso, já abriu conta própria no Twitter: @AmazonDrone.

Disponível em:

 http://brasil.elpais.com/brasil/2013/12/02/tecnologia/1385969482_968727.html

Anúncios
Tagged with: , , , ,

Comentários desativados em Amazon testa o envio de encomendas com drones

%d blogueiros gostam disto: