Clipping de Relações Internacionais

ONU aprova primeiro tratado que regula comércio de armas

Posted in Américas, Organizações Internacionais & Regionais by Emilia C. de Paula on 02/04/2013

DW – 02/04/13.

0,,16715294_303,00Texto, que teve voto contra apenas de Síria, Coreia do Norte e Irã, proíbe a venda de armamento a países que possam violar direitos humanos. Pacto precisa agora ser ratificado individualmente pelos Estados-membros.

Após mais de uma década de negociações, a Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou nesta terça-feira (02/04), por esmagadora maioria, o primeiro tratado da história para regular o comércio internacional de armas, negócio que movimenta cerca de 70 bilhões de dólares anuais.

(more…)

Anúncios
Tagged with: , ,

Comentários desativados em ONU aprova primeiro tratado que regula comércio de armas

EU envía buques de guerra tras amenaza norcoreana

Posted in Ásia & Oceania, Segurança Nacional & Defesa by Emilia C. de Paula on 02/04/2013

EUA – EFE – 02/04/13.

DEFENSA Ninguno de estos buques forma parte de las maniobras conjuntas "Foal Eagle" que están llevando a cabo Estados Unidos y Corea del Sur. (Foto: Reuters (Archivo) )

DEFENSA Ninguno de estos buques forma parte de las maniobras conjuntas “Foal Eagle” que están llevando a cabo Estados Unidos y Corea del Sur. (Foto: Reuters (Archivo) )

Estados Unidos envió los destructores “Decatur” y “John McCain” al Pacífico, en respuesta a las recientes amenazas de Corea del Norte, informó hoy el portavoz del Pentágono, George Little.

“El ‘Decatur’ y el ‘McCain’ han llegado a posiciones predeterminadas en el Pacífico occidental, donde estarán en condiciones de responder a las amenazas de misiles contra nuestros aliados o nuestros territorios”, indicó el portavoz en rueda de prensa.

  (more…)

Comentários desativados em EU envía buques de guerra tras amenaza norcoreana

Apesar de desligar reatores, Alemanha exporta mais energia do que importa

Posted in Energia & Recursos, Europa by Emilia C. de Paula on 02/04/2013

Alemanha – DW – 02/04/13.

Enquanto avança nos planos de fechar centrais nucleares, país investe em fontes renováveis e eleva em quase quatro vezes saldo positivo entre compra e venda de energia. Mudança, porém, já pesa no bolso do cidadão.

A decisão do governo alemão de fechar, aos poucos, suas usinas nucleares – tomada após o acidente de Fukushima, em março de 2011 – não atrapalhou a produção de eletricidade no país. Pelo contrário. Com investimentos em fontes de captação renováveis e leis de apoio ao setor, a balança de energia importada e exportada teve saldo positivo de 22,8 TWh (terawatts-hora) no ano passado, quase quatro vezes maior que os 6 TWh registrados em 2011 e o equivalente a 1,4 bilhão de euros para os cofres alemães.

(more…)

Comentários desativados em Apesar de desligar reatores, Alemanha exporta mais energia do que importa