Clipping de Relações Internacionais

Primeiro-ministro da Noruega descarta renúncia por repercussão de ataques

Posted in Europa, Regiões, Sistemas Políticos, Terrorismo by Saade Marraui on 02/09/2012

Noruega – AFP – 28/08/2012.

O primeiro-ministro norueguês, Jens Stoltenberg, criticado pela falta de preparo do seu país frente aos ataques de Anders Behring Breivik, admitiu seus erros nesta terça-feira, mas descartou implicitamente uma renúncia, prometendo novas medidas para reforçar a segurança.

Diante do Parlamento reunido a seu pedido em sessão extraordinária, Stoltenberg respondeu às críticas de uma comissão independente que havia concluído que o atentado a bomba em Oslo poderia ter sido evitado e seu autor, preso antes, o que teria reduzido o registro de 77 mortos.

“Grubbegata (a rua que abriga os ministérios, NR) deveria ter sido fechada, mas não foi. O assassino deveria ter sido detido antes, mas não foi. Várias medidas de segurança poderiam ter sido estabelecidas, e isso não ocorreu”, reconheceu o líder trabalhista.

“Lamento por isso”, disse diante dos parlamentares, repetindo afirmações já feitas no passado.

Em um relatório contundente revelado no dia 13 de agosto, a comissão criada pelo governo manifestou importantes reservas relacionadas à resposta das autoridades ao atentado a bomba e ao tiroteio na ilha de Utoeya, praticados em 22 de julho de 2011 por Breivik.

A conclusão do relatório é de que os erros custaram preciosas vidas.

A comissão revelou “deficiências mais extensas e mais profundas do que eu esperava”, reagiu Stoltenberg.

Sob pressão desde a divulgação do relatório que arranhou a imensa popularidade que ostentava depois da tragédia, o chefe de governo descartou mais uma vez implicitamente uma renúncia, ressaltando que é a sua responsabilidade colocar em prática as recomendações da comissão.

Stoltenberg anunciou ao Parlamento medidas destinadas a corrigir os erros do passado, incluindo a criação de um centro de emergência da Polícia em Oslo, reunindo sua unidade de elite, seus helicópteros -pouco utilizados no dia 22 de julho de 2011- e suas unidades de rastreamento, com cães farejadores.

Acesso em 28 de Agosto de 2012.
Disponível em:
http://br.noticias.yahoo.com/primeiro-ministro-noruega-descarta-ren%C3%BAncia-repercuss%C3%A3o-ataques-163437636.html

Comentários desativados em Primeiro-ministro da Noruega descarta renúncia por repercussão de ataques

%d blogueiros gostam disto: