Clipping de Relações Internacionais

Estado de Israel “não está preocupado” com inquérito sobre morte de Arafat

Posted in Oriente Médio, Paz & Conflito, Regiões, Social & Questões Culturais by Saade Marraui on 02/09/2012

Portugal – Sic Noticias – 28/08/2012.

O governo israelita “não está preocupado” com a abertura em França de um inquérito judicial sobre a morte de Yasser Arafat, antigo líder da Autoridade Palestiniana, declarou hoje um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros israelita.

 “(O Estado de) Israel não se sente preocupado com este inquérito, apesar das acusações absurdas feitas contra nós”, afirmou o porta-voz da diplomacia israelita, Yigal Palmor, em declarações à agência noticiosa France Press.

O representante disse ainda que espera que o inquérito esclareça tudo sobre este assunto.Fontes próximas do dossiê, também citadas pela France Press, indicaram hoje que um inquérito judicial sobre a morte de Yasser Arafat foi aberto em França pelo Ministério Público de Nanterre, a oeste de Paris.

A abertura da investigação ocorre após a apresentação pela viúva do líder histórico palestiniano, Suha Arafat, de uma queixa contra desconhecidos por assassínio. A queixa foi depositada no passado dia 31 de julho.

Yasser Arafat morreu a 11 de novembro de 2004 no hospital militar francês Percy de Clamart, perto de Paris.

A queixa de Suha Arafat — também em nome da filha Zahwa – foi apresentada depois da divulgação de um documentário pela televisão Al-Jazira, que indicava que um instituto suíço tinha encontrado uma quantidade anormal de polónio, uma substância radioativa letal, em amostras biológicas dos bens pessoais de Arafat.

Estas informações fizeram ressurgir os rumores, no mundo árabe, de que o líder palestiniano terá sido envenenado.

Vários responsáveis palestinianos, incluindo o sobrinho de Arafat Nasser al-Kidwa, alegam que o dirigente histórico foi envenenado por Israel, defendendo que “os responsáveis por este assassínio devem ser julgados”. O Estado hebreu sempre negou, veementemente, as acusações.

Um ou vários juízes de instrução serão nomeados brevemente para conduzir o inquérito aberto em Nanterre, a jurisdição competente pelos acontecimentos ocorridos no hospital de Clamart, de acordo com as mesmas fontes.

O Instituto de Física de Radiação do Centro Hospitalar Universitário (CHUV), em Lausana (Suíça), confirmou no passado dia 24 que ia examinar o cadáver de Yasser Arafat, após a autorização da sua viúva.

Este centro tinha recebido, no início deste mês, uma carta da Autoridade Nacional Palestiniana a solicitar o referido exame.

O polónio é uma substância radioativa extremamente tóxica que foi utilizada em 2006 em Londres para envenenar o ex-espião russo Alexandre Litvinenko, após se ter tornado um opositor do Presidente Vladimir Putin.

Lusa

Acesso em 28 de Agosto de 2012.
Disponível em:
http://sicnoticias.sapo.pt/mundo/2012/08/28/estado-de-israel-nao-esta-preocupado-com-inquerito-sobre-morte-de-arafat

Comentários desativados em Estado de Israel “não está preocupado” com inquérito sobre morte de Arafat

%d blogueiros gostam disto: