Clipping de Relações Internacionais

Protesto por Trayvon Martin em Los Angeles atiça debate racial nos EUA

Posted in Américas, Direitos Humanos by Nejme Joma on 27/04/2012

A três dias do 20º aniversário dos distúrbios raciais que devastaram Los Angeles, centenas de pessoas pediram na quinta-feira na cidade californiana justiça para o jovem negro Trayvon Martin, cujo recente assassinato por um vigia branco desencadeou um debate racial no país.

Os pais de Trayvon, Sybrina Fulton e Tracy Martin, se uniram às centenas de pessoas, entre elas líderes comunitários e religiosos, em uma igreja de Los Angeles para lembrar os dois meses da morte de seu filho de 17 anos, constatou um fotógrafo da AFP.

“Ainda temos muito caminho a percorrer, mas eles (os pais) são inquebrantáveis e confiam em Deus e que será feita justiça para seu filho”, disse Benjamin Crump, o advogado de Sybrina e Tracy Martin, à rede de televisão local.

“O que queremos?”, perguntava o reverendo Al Sharpton na cerimônia, que começou às 17h30 locais (21h30 de Brasília de quinta-feira) e se estendeu por várias horas.
“Justiça!”, respondia o público, entre eles o pastor batista Jesse Jackson, famoso ativista dos direitos civis dos afroamericanos.

No altar, havia uma imagem de Trayvon Martin com o capuz que se tornou símbolo do protesto.
A Associação Nacional para o Progresso das Pessoas de Cor (NCAAP) disse que o objetivo da manifestação era “defender as vítimas dos crimes (…), educar os jovens em técnicas de resolução de conflitos (e) criar consciência no público contra a discriminação racial”.

O público vestia camisas com a foto de Martin e empunhava cartazes pedindo justiça. Um deles apresentava: “O linchamento americano moderno”.

No dia 26 de fevereiro, o jovem vestia um casaco com capuz e ia à casa onde seu pai estava, em uma comunidade privada em Sanford (Flórida, sudeste). O vigia voluntário George Zimmerman, de 28 anos, o considerou suspeito e começou a segui-lo, até que disparou contra ele.

Zimmerman assegura que agiu em legítima defesa depois que Martin o jogou no chão e bateu sua cabeça contra a calçada.
O caso desencadeou a ira da comunidade afroamericana e provocou um debate nacional, ao qual se somou o presidente Barack Obama.

“É uma muito boa resposta de pessoas de muitas raças distintas (…) em relação a um homem que talvez teria saído em liberdade se os cidadãos não tivessem exigido justiça”, disse à AFP o reverendo Cecil Murray, professor de ética na Universidade do Sul da Califórnia.

Disponível em: http://br.noticias.yahoo.com/protesto-trayvon-martin-los-angeles-ati%C3%A7a-debate-racial-120346229.html

Comentários desativados em Protesto por Trayvon Martin em Los Angeles atiça debate racial nos EUA

%d blogueiros gostam disto: