Clipping de Relações Internacionais

Argentina pede ao Reino Unido “mais diplomacia” e “menos armas”

Posted in Américas, Controle de Armas, Armas Nucleares & Desarmamento by Nejme Joma on 31/01/2012

A Argentina pediu nesta terça-feira ao Reino Unido “mais diplomacia” e “menos armas”, depois de Londres anunciar que enviará um navio de guerra às ilhas Malvinas, sob dominação britânica e cuja soberania é reivindicada por Buenos Aires.

“A Argentina rejeita a tentativa britânica de militarizar um conflito sobre o qual as Nações Unidas já indicaram que ambas nações devem resolver em negociações bilaterais”, disse a chancelaria argentina.

Londres anunciou nesta terça-feira a chegada do príncipe William às Malvinas e o envio do HMS Dauntless às ilhas, o navio de escolta mais moderno da Marinha Real britânica.

O vice-ministro de Relações Exteriores britânico, Jeremy Browne, declarou que “a soberania das ilhas não é negociável” e afirmou que serão dados “os passos necessários para garantir a segurança” do arquipélago.

Em comunicado intitulado “Mais diplomacia, menos armas”, Buenos Aires disse que o príncipe William “chega às ilhas Malvinas como membro das forças armadas de seu país”.

“O povo argentino lamenta que o herdeiro real chegue ao solo pátrio com o uniforme de conquistador e não com a sabedoria de estadista que trabalha a serviço da paz e do diálogo entre as nações”, assinala a nota oficial.

A Argentina considera que “os governos devem evitar a tentação de envolver-se nos discursos que recorram ao falso patriotismo a fim de distrair a atenção pública de políticas econômicas de ajustes em um contexto de crise estrutural e alto desemprego”.

“Os organismos internacionais, assim como os países democráticos, devem trabalhar diariamente para evitar que os conflitos armados substituam às negociações civilizadas para a resolução de conflitos”, frisou o governo de Cristina Kirchner.

O comunicado oficial lembra que a Argentina, que em 1982 entrou em guerra com o Reino Unido pelas Malvinas, é um membro “ativo” das missões de paz da ONU.

“Não há soldados argentinos em nenhum conflito bélico. Pelo contrário, são reconhecidos por seu papel de enviados das Nações Unidas como ferramenta de pacificação”, salientou a chancelaria.

Buenos Aires ressaltou que o Reino Unido é um membro permanente do Conselho de Segurança da ONU e que “sua insistência em rejeitar as resoluções do máximo organismo mundial o coloca entre os países que, ao ignorar suas recomendações, debilitam a diplomacia e aumentam o risco de mais guerras”. EFE

Disponível em: http://br.noticias.yahoo.com/argentina-pede-ao-reino-unido-diplomacia-armas-223205716.html

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. washington ferreira said, on 05/02/2012 at 2:15

    estamos no inicio do seculo 21, vendo as reservas naturais acabando em alguns Países. Com a crise mundial alguns não tem outra saída a não ser retomar as suas atividades que estavam escondidas a séculos que é tomar territórios que não os pertence. Os Britânicos estão com plataforma de petróleo nas águas Argentina, e agora o príncipe resolve visitar o lugar que já ouve confronto alguns anos até ai nada contra.
    ele é conhecido no mundo inteiro, encantou a todos com o seu casamento, pra falar a verdade, acho que ele e seu irmão tem energia suficiente para trazer paz mundia, eu fiquei de alguma forma tomado de felicidade com a festa de seu casamento parecia o Príncipe do Egito sabe, essas celebridades de alguma forma passa energia a humanidade estou falando humanidade. Existe pessoas que jamais eles irão conhecer e mesmo assim o evento encantou a todos.
    vou dar um exemplo: você possui uma criação de porcos, todo dia as suas alimentações tem horário, variedades, fartura nunca falta um repolho grande e suculento,até chegar uma hora que o repolho tem que ser repartido pra alguns, até ai todos concordam, passa-se o tempo o repolho fica complicado encontrar para levar até seus porcos e quando encontra a quantidade não é suficiente para todos o que achas que irá acontecer,com a queles que irão ficar
    sem.
    Príncipes, Princesas, Duquesas,Rainha, Rei,Chanceler, Presidente,pessoas comuns todos quando começa a sentir fome e sede irão procurar com unhas e dentes para se saciar a si e a os seus e se você tentar de alguma forma ficar em seu caminho que vença o mais forte.


Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: