Clipping de Relações Internacionais

Arábia Saudita libera US$200 milhões para conter crise palestina

Posted in Economia, Comércio & Finanças, Oriente Médio, Política & Política Externa by Emilia C. de Paula on 19/09/2011

RAMALLAH, Cisjordânia – Reuters – 19/09/11.

A Arábia Saudita vai liberar 200 milhões de dólares para a Autoridade Palestina, disse a agência palestina de notícias na segunda-feira, e a verba servirá para atenuar uma grave crise financeira dias antes de os palestinos pleitearem sua adesão plena à ONU, sob risco de sofrerem sanções econômicas por isso.

 

O anúncio foi feito num telefonema do ministro saudita das Finanças, Ibrahim Alassaf, ao primeiro-ministro palestino, Salam Fayyad, segundo a agência Wafa.

 

A Autoridade Palestina não tem sido capaz de pagar pontualmente os salários de seus funcionários e outros compromissos, numa situação que aumenta a vulnerabilidade da instituição. A falta de ajuda financeira de países árabes, inclusive da Arábia Saudita, tem sido identificada como uma das causas dessa crise.

 

Na semana passada, o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial disseram que a crise financeira da Autoridade Palestina compromete seriamente os esforços dos últimos dois anos para a construção de um Estado.

 

Esses avanços institucionais — sem a contrapartida de progressos no processo de paz com Israel — foram citados pela Autoridade Palestina como um dos motivos para solicitar a adesão à ONU nesta semana, apesar da forte oposição dos EUA e de Israel, que defendem uma solução prévia em negociações diretas que levem à coexistência pacífica de dois Estados.

 

Caso a Autoridade Palestina pleiteie a adesão plena à ONU, a decisão precisará passar pelo Conselho de Segurança, onde os EUA têm poder de veto. Alguns parlamentares norte-americanos sugeriram restringir a ajuda financeira à Autoridade Palestina, como forma de pressionar os palestinos a desistirem da ideia.

 

Outra hipótese para os palestinos seria solicitar à Assembleia Geral da ONU — onde os EUA não têm poder de veto — o status de “Estado não-membro”.

 

A Autoridade Palestina, que exerce funções governamentais provisórias sobre a Cisjordânia, prevê um déficit orçamentário de 900 milhões de dólares neste ano, e só a ajuda financeira internacional poderá controlar a situação.

 

No mês passado, Abbas fez um apelo por ajuda financeira de outros países árabes, pois segundo ele só assim os palestinos poderão resistir às “pressões e ameaças” de Israel e de seus aliados.

Disponível em:

http://br.reuters.com/article/worldNews/idBRSPE78J00I20110920

Comentários desativados em Arábia Saudita libera US$200 milhões para conter crise palestina

%d blogueiros gostam disto: