Clipping de Relações Internacionais

Israel revogou direito de residência de palestinos em sua própria terra

Posted in Oriente Médio, Paz & Conflito by Nejme Joma on 11/05/2011

Israel revogou o direito de residência em sua própria terra de 140.000 palestinos da Cisjordânia que permaneceram no exterior entre 1967 e 1994, utilizando um procedimento confidencial, informa o jornal Haaretz, que cita documentos liberados do ministério da Justiça.

Ao iniciar a ocupação da Cisjordânia depois da guerra de 1967 e até o início da aplicação dos acordos de autonomia palestina em 1994, os palestinos que desejavam viajar ao exterior pela Jordânia deviam entregar o documento de identidade no posto de fronteira da ponte Allenby. Em troca, recebiam um documento que os autorizava a entrar na Jordânia.

Mas a validade deste documento era limitada a três anos e só podia ser renovada três vezes. Os habitantes que não retornavam à Cisjordânia nos prazos estabelecidos entravam na categoria “não são mais residentes”, informa o jornal.

De acordo com o Haaretz, os documentos do ministério da Justiça não citam qualquer informação que teria sido repassada aos palestinos sobre o procedimento. Os palestinos podiam retornar à Cisjordânia seis meses depois da data de expiração do documento, com uma apelação a uma comissão especial israelense.

Procurado pelo Haaretz, o general da reserva Danny Rotschild, ex-coordenador das atividades israelenses nos territórios palestinos de 1991 a 1995, afirmou não ter sido informado sobre o procedimento durante o exercício da função.

“Se não fui informado na época, é fácil imaginar que os habitantes dos territórios ocupados tampouco foram informados”, afirmou. Atualmente, um procedimento do mesmo tipo é aplicado para os residentes de Jerusalém Oriental anexado por Israel.

Os moradores palestinos, que têm documento de residente e documento de identidade israelense, ao contrário dos habitantes da Cisjordânia, perdem o direito de retorno caso permaneçam mais de sete anos no exterior. No total, 130.000 palestinos figuram em uma lista de pessoas que não são mais residentes.

O jornal afirma ainda que um número desconhecido de palestinos da Faixa de Gaza também perdeu o estatuto de residente, mas os números a respeito são secretos. O Centro de Defesa dos Particulares, uma associação israelense que havia solicitado a divulgação dos documentos em nome da lei sobre liberdade de informação, afirma em um comunicado que “o Estado de Israel deveria reparar os erros e restaurar os direitos de residência dos palestinos”.

Disponível em: http://br.noticias.yahoo.com/israel-revogou-direito-resid%C3%AAncia-palestinos-pr%C3%B3pria-terra-140357965.html

Tagged with: , ,

Comentários desativados em Israel revogou direito de residência de palestinos em sua própria terra

%d blogueiros gostam disto: