Clipping de Relações Internacionais

Líder do Hezbollah vai se pronunciar sobre crise no governo libanês

Posted in Oriente Médio, Política & Política Externa by Nejme Joma on 15/01/2011

BEIRUTE (AFP)

O líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah, vai falar neste domingo sobre o impasse político no Líbano, causado pela demissão dos ministros de seu partido do governo, e que levou à queda do gabinete de Saad Hariri, anunciou neste sábado a televisão do movimento xiita.

“Uma entrevista com ele está prevista para as 20H30 (16H30, hora de Brasília), na televisão Al Manar”, divulgou o canal.

O governo de união do Líbano entrou em colapso na quarta-feira, após a demissão de ministros do lado do todo-poderoso Hezbollah xiita, mergulhando o país em crise, ligada à investigação, por um tribunal da ONU, do assassinato do dirigente Rafic Hariri.

Nomeado líder do Hezbollah em 1992, quando seu antecessor, Abbas Mussaui, foi assassinado por Israel, Nasrallah, de 50 anos, chefia um Estado dentro do Estado libanês. Seu movimento nasceu da guerra civil libanesa, tornando-se um dos adversários mais temidos de Israel, uma vez que sua audácia e capacidade técnica ultrapassa a das guerrilhas comuns.

O Hezbollah, presente no Parlamento libanês, amo e senhor do sul do país e onipresente nos subúrbios xiitas de Beirute, dita leis, dirige escolas e hospitais e organiza programas de assistência social.

O Hezbollah entrou em 1992 para o parlamento libanês e nas eleições de 2009 obteve 11 das 128 cadeiras.

Nos últimos anos, o partido moderou sua retórica islâmica, afirmando que o estabelecimento de uma República Islâmica só poderia surgir da vontade popular.

Segundo especialistas, seu líder tem relações privilegiadas com autoridades sírias e iranianas, e seu prestígio nos territórios palestinos não pára de crescer.

Nasrallah trabalha movido pela fé na causa que defende: a oposição à ocupação e a tudo o que dela deriva. Para ele, Israel é simplesmente a “Palestina ocupada”, embora sempre tenha limitado a luta do Hezbollah ao território libanês.

Nascido no ano de 1960, em Beirute, Nasrallah estudou na cidade iraquiana de Najaf, lugar sagrado para os xiitas, até ser expulso pelo regime sunita de Saddam Hussein e se transferir para o Irã.

O dirigente considera o líder iraniano Khomeini uma espécie de mentor espiritual, mas sente repulsa pela jihad (guerra santa) da Al-Qaeda, que, segundo ele, descaracteriza o islã.

Nasrallah vivia no subúrbios de Beirute, com a mulher e três filhos. O primogênito, Hadi, morreu num confronto armado com os soldados de Israel no sul do Líbano, em 1997.

Disponível em: http://br.noticias.yahoo.com/s/afp/110115/mundo/l__bano_pol__tica

Comentários desativados em Líder do Hezbollah vai se pronunciar sobre crise no governo libanês

%d blogueiros gostam disto: