Clipping de Relações Internacionais

Chávez teria incitado Bolívia a tomar Petrobras em 2006

Posted in Américas, Energia & Recursos by Nejme Joma on 04/01/2011

Brasil – Estadão – 04/01/2011.

De acordo com diplomatas americanos, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, incitou o governo de Evo Morales, na Bolívia, a nacionalizar as instalações da Petrobras no país em 2006, fato que provocou um atrito econômico e diplomático com o Brasil. A informação está em telegramas da Embaixada dos Estados Unidos em Brasília enviados ao Departamento de Estado americano e revelados pela ONG WikiLeaks.

Segundo os americanos, Marcelo Biato, o assistente direto do assessor especial da Presidência para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, relatara que Chávez interagia com Evo nos dias que antecederam a ocupação das instalações da Petrobras por militares da Bolívia.

“Biato disse que em março (de 2006), Petrobras e interlocutores bolivianos haviam começado o que pareciam ser discussões relativamente positivas. No entanto, Evo interrompeu abruptamente as conversas, insistiu que só discutiria o assunto diretamente com Lula”, diz o documento, datado de maio de 2006. “No intervalo entre as conversas de março e a nacionalização, Biato observou que houve várias conversas entre Evo e Chávez”, relata o telegrama.

Em 20 de abril, em encontro bilateral entre Lula e Chávez, o presidente brasileiro manifestou ao venezuelano sua preocupação com seu envolvimento no caso dos hidrocarburetos bolivianos. “Agora está claro para o governo do Brasil que Evo foi encorajado depois de ouvir que Chávez poderia prover ajuda técnica para obter o gás”, afirma o despacho, referindo-se à possibilidade de a estatal de petróleo da Venezuela, a PDVSA, passar a auxiliar a boliviana, YPBF, em caso de rompimento entre Lula e Evo.

Em outro despacho, datado de 26 de junho de 2006, o então embaixador americano, Clifford M. Sobel, relata que Marco Aurélio Garcia lhe confirmava a intervenção chavista no caso. “Ele sugeriu que o Brasil encorajou o presidente venezuelano Chávez a baixar o tom e se tornar ‘menos presente’ no caso. Chávez entendeu que seu esforço fora invasivo e contraproducente”, diz o relato. No mesmo encontro, Garcia teria afirmado que Evo também recebeu a sugestão de “baixar o tom”. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Disponível em: http://br.noticias.yahoo.com/s/04012011/25/mundo-chavez-teria-incitado-bolivia-tomar.html

Comentários desativados em Chávez teria incitado Bolívia a tomar Petrobras em 2006

%d blogueiros gostam disto: