Clipping de Relações Internacionais

Marfrig perto da China

Posted in Américas, Economia, Comércio & Finanças, Regiões by Felipe Salatino on 17/06/2010

São Paulo – O Globo – 17 de Junho de 2010.

Moody’s poderá rebaixar empresa

Com a compra da americana Keystone Foods, anunciada na terça-feira, ficou menor o esforço que a brasileira Marfrig terá de fazer para entrar no mercado chinês. A Keystone é parceira do McDonald’s na China há 30 anos e responde por 80% do fornecimento de produtos vendidos pela rede de fast-food na região.

— Demoraríamos pelo menos cinco anos para ter essa base sólida na China — afirmou ontem o presidente da Marfrig, Marcos Molina, em teleconferência com analistas de mercado.

A empresa brasileira, uma das maiores processadoras de aves, suínos e bovinos do mundo, pagará US$ 1,26 bilhão pela Keystone, com faturamento de US$ 6,4 bilhões e unidades na América do Norte, Europa, Oriente Médio, Ásia, Austrália e Nova Zelândia.

Molina celebrou o negócio como o mais importante, por assegurar à companhia uma base global de atuação. Mas o que foi visto como uma vantagem pelo executivo provocou reações diferentes entre os analistas de bancos, que temem o crescente endividamento da Marfrig, que desde o ano passado tem como estratégia crescer na Ásia.

Os analistas também se mostraram preocupados com o fato de a Keystone depender basicamente do acordo com a McDonald’s.

A Marfrig procurou amenizar a apreensão com o argumento de que a relação entre as duas é antiga.

A agência de classificação de risco Moody’s colocou os ratings da Marfrig em revisão para possível rebaixamento, devido a seu “ritmo acelerado de aquisições”.

acesso em: 17 de Junho de 2010.

disponível em: http://www.itamaraty.gov.br/sala-de-imprensa/selecao-diaria-de-noticias/midias-nacionais/brasil/o-globo/2010/06/17/marfrig-perto-da-china

Comentários desativados em Marfrig perto da China

%d blogueiros gostam disto: