Clipping de Relações Internacionais

Jornalista desvenda interesses de grupo português na mídia

Posted in Américas, Opinião Pública/Mídia, Regiões by Rodrigo Felismino on 02/06/2010

O Globo – 01/06/2010

Fernão Lara Mesquita diz que empresa passa por cima da Constituição brasileira e é investigada em Portugal

O jornalista Fernão Lara Mesquita revela os interesses do grupo português Ongoing no setor de mídia do Brasil. Em seu blog na internet, o Vespeiro.com, Mesquita diz que o investimento da empresa no país faz parte de um projeto do governo português de participar do “grande jogo mundial do poder”. Ele afirma ainda que o governo liderado pelo primeiro-ministro José Sócrates quer “criar um grupo de comunicações simpático ao governo e vingar-se de alguns jornalistas incômodos”.

A Ongoing Strategy Investments, com sede em Lisboa, em Portugal, comanda o diário “Brasil Econômico” e recentemente comprou o jornal carioca “O Dia”, o que lhe garantiu uma licença de TV por assinatura. Em breve, vai lançar um jornal em Brasília. Em Portugal, o grupo é o maior acionista individual da Portugal Telecom (PT), com cerca de 8% do capital da empresa, e tem participação de 3% no Banco Espírito Santo (BES).

No blog, Mesquita ressalta que o empresário português Nuno Vasconcelos, à frente da companhia, e as forças por trás dele passam por cima da Constituição que proíbe a posse por estrangeiros de meios de comunicação no Brasil em proporções acima de 30%. O braço brasileiro da operação da Ongoing, a Ejesa, pertence à “esposa brasileira do dono português da Ongoing Maria Alexandra Mascarenhas Vasconcelos”.

O jornalista lembra ainda que “o onipresente José Dirceu, que operava também a conexão portuguesa do Mensalão, se apresenta, agora, no time dos colunistas permanentes do Brasil Econômico”. Ele destaca ainda que a esposa de Dirceu, Evanise dos Santos, vem a ser a “diretora de marketing” da Ongoing no Brasil. O jornalista acrescenta que, na busca pelo poder, a “Telefónica de Espanha também arma o seu grupo de mídia no Brasil”, em aberto desafio à norma constitucional, por meio da operação do portal Terra”.

Para Mesquita, os planos representam “a sede de vingança do primeiro-ministro José Sócrates contra a imprensa livre que veio juntar a fome à vontade de comer”. Mesquita lembra que há um ano a Ongoing está sob investigação de uma comissão de inquérito da Assembléia da República portuguesa.

É por isso que o jornalista diz que “a única parte desse projeto que conseguiu avançar livremente é a que diz respeito ao Brasil e às demais antigas colônias portuguesas na África e no Oriente.

Disponível em: http://clippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/noticias/2010/6/1/jornalista-desvenda-interesses-de-grupo-portugues-na-midia. Acesso em 1/6/2010.

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. […] the original post here: Jornalista desvenda interesses de grupo português na mídia …   No […]

  2. Jaciára said, on 03/06/2010 at 13:23

    Estive lendo o que esse cara escreveu e não fiquei com boa impressão.
    A forma como escreveu (dividindo por vários dias, como se fosse novela) e o momento em que publica (com tudo o que está se passando nessa guerra suja que a Globo está iniciando)me deixa concluir que isso é trabalho de jagunço bem pago e com autor da encomenda bem à vista.
    O único mal que essa Ongoing fez até agora foi querer entrar no Brasil. A Globo está pensando que esse País é a roça deles e que pode controlar o povo com o controle da mídia. Por isso é que não querem competição, demonstrando falta de ‘fair-play’ e tirando a máscara para todos vermos sua verdadeira face de cão acossado. Fico desejando tudo de bom para essa Ongoing, só pelo mal que estão querendo fazer para eles.


Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: