Clipping de Relações Internacionais

Irã e Israel reuniram-se em sigilo

Egito – NYT, AP e Reuters – 23/10/2009.

Representantes israelenses e iranianos participaram em setembro de uma conferência no Cairo sobre não-proliferação nuclear no Oriente Médio, num raro contato oficial entre os dois países desde da Revolução Islâmica de 1979.

O encontro – desmentido por Teerã, mas confirmado por Israel, Austrália e Egito – ocorreu em 29 e 30 de setembro, na véspera de duas outras cúpulas internacionais definitivas para tentar frear a suposta pretensão iraniana de produzir armas atômicas – a reunião de Genebra, no dia 1º, e a de Viena, concluída quarta-feira.

A informação de que Teerã vinha discutindo seu programa nuclear com a comunidade internacional desde setembro – até mesmo com seu principal rival, Israel – mostra que o regime do presidente Mahmoud Ahmadinejad pode estar disposto a debater assuntos tão sensíveis quanto seu programa de enriquecimento de urânio.

Os países envolvidos na última das três reuniões, em Viena (mais informações na pág. A11) devem responder hoje se aceitam ou não os termos do acordo segundo o qual Teerã enviaria 75% (1.200 quilos por ano) de seu urânio de baixo enriquecimento para ser processado na Rússia.

A conversão do material radioativo no exterior atenderia às necessidades de uso médico manifestadas por Teerã e, ao mesmo tempo, dificultaria seu emprego com finalidades militares.

A porta-voz da Organização Atômica do Irã, Ali Shirzdian, disse que “nenhum diálogo ou interação” entre os representantes israelenses e iranianos ocorreu no Cairo e atribuiu a divulgação da notícia “a uma operação psicológica para minar os bem-sucedidos encontros de Genebra e de Viena”.

Segundo o jornal israelense Haaretz, a diretora de política e controle de armas da Comissão de Energia Atômica de Israel (CEAI), a israelense Meirav Zafary-Odiz, e o embaixador iraniano na AIEA, Ali Asghar Soltanieh, encontraram-se em três mesas de discussão no Cairo, ao lado de representantes de outros países, conversando e apresentando perguntas e respostas. Os dois não se encontraram fora das sessões ou trocaram apertos de mãos, mas, segundo a apuração do jornal israelense, conversaram durante o evento. Em uma das discussões, Soltanieh perguntou diretamente a Meirav: “Vocês têm ou não armas nucleares?”

A israelense sorriu, mas não respondeu, segundo testemunhas.

A Arábia Saudita – que, como o Irã, não mantém relações diplomáticas com Israel – também participou do encontro, além de representantes dos EUA e de pelo menos outros seis países.

Os detalhes vieram a público na semana passada, depois que o jornal australiano The Age publicou declarações anônimas atribuídas a autoridades que teriam participado do encontro.

Disponível em: http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20091023/not_imp455130,0.php

Acesso em: 23/10/2009.

Comentários desativados em Irã e Israel reuniram-se em sigilo

%d blogueiros gostam disto: