Clipping de Relações Internacionais

Mectron e Britanite apresentam primeira bomba guiada nacional

Posted in Américas, Regiões, Segurança Nacional & Defesa by Ariel Boldrini on 19/04/2009

Brasil – DefesaBrasil – 17/04/2009

A Mectron e a Britanite apresentaram na LAAD 2009 o primeiro kit brasileiro de guiamento para bombas de queda livre. Desenvolvido em parceria com a Força Aérea Brasileira, através do Comando-Geral de Tecnologia Aeroespacial (CTA), o kit pode utilizar um sistema de navegação inercial (INS) ou as redes de satélites GPS (EUA) e Glonass (Rússia). De baixo custo, o kit pode ser instalado em bombas não guiadas (“bombas burras”) Mk 82 (500lbs) e Mk 83 (1.000lbs), permitindo seu uso em distâncias maiores e/ou em condições climáticas adversas, em uma variedade de alvos de alto valor estratégico. As bombas com os kits são denominadas SMKB-82 e SMKB-83.

O sistema brasileiro possui algumas peculiaridades como, por exemplo, o método de comunicação entre a aeronave e a bomba, que ocorre através de uma conexão wireless. Isso permite o uso da arma em uma gama enorme de aeronaves e com baixíssimo custo de integração, já que não existem conexões físicas entre a plataforma e a arma, como cabos e fios.

As empresas encontraram dificuldades para desenvolver essa tecnologia devido às interferências causadas pelos sistemas normais da aeronave e pelas turbinas, mas conseguiram superar esses obstáculos e garantir a operação do armamento de maneira segura.

Outra novidade é em relação à geração de energia para o computador da bomba, que será feita através de uma pequena hélice instalada na frente da cabeça de guiagem. Tudo isso garantirá total independência da bomba em relação à aeronave, o que significa a possibilidade de instalação em um cabide sem nenhum preparo para armas inteligentes.

A cabeça do kit guarda a unidade de controle e o sistema de guiagem. Sua precisão é garantida pelo sistema INS (Inertial Navigation System) com auxílio de um receptor de GPS, que pode usar tanto o GPS americano quanto o Glonass russo. Isso garante uma precisão que, dependendo da conexão cabeça/satélites, pode chegar a cerca de um metro. Ainda assim, independente dessa conexão, a bomba tem um CEP (Circular Error Probable) de menos de seis metros.

O kit está sendo desenvolvido para as bombas MK-82 e MK-83. A Britanite informou que não tem interesse em desenvolver um kit para a MK-84 (2.000lbs) por considerar uma bomba grande demais para ser usada em “ataques cirúrgicos”.

Disponível em: http://www.defesabrasil.com/laad2009/index.php?option=com_content&view=article&id=68:mectron-e-britanite-apresentam-primeira-bomba-guiada-nacional&catid=39:noticias&Itemid=78 Acesso em: 19/04/2009

Comentários desativados em Mectron e Britanite apresentam primeira bomba guiada nacional

%d blogueiros gostam disto: